Trabalhe 4 Horas por Semana: o livro genial do Tim Ferriss que você precisa ler

Trabalhe 4 Horas por Semana: o livro genial do Tim Ferriss que você precisa ler
4.9 (98.18%) 88 avaliações
Timothy Ferriss (mais conhecido como Tim Ferriss), é um escritor, empresário, investidor e palestrante. Tim cresceu em Nova Iorque. Após a formatura, se mudou para a Califórnia onde trabalhou na área comercial de uma empresa de armazenamento de dados. Frustrado com seu salário e com as deficiências da empresa, começou a gastar seu tempo ocioso navegando na internet buscando por oportunidades. Nessa época, começou a construir o seu próprio negócio na Internet, chamado BrainQUICKEN, enquanto ainda empregado na empresa do tio.

Antes da sua carreira como escritor, ganhou o campeonato nacional de Sanshou (kickboxing chinês) de 1999, usando a técnica de empurrar os adversários para fora do ringue, alé de usar o processo de excessiva desidratação antes da pesagem e  reidratação antes da luta, a fim de competir várias classes abaixo de seu peso real – uma prática conhecida como “corte de peso”.

Em 2001, então, Ferriss funda oficialmente a BrainQUICKEN, uma empresa de venda online de suplementos nutricionais. O BrainQuicken era um produto tanto para o corpo, como para o cérebro. Afirmava que o produto poderia aumentar drasticamente a memória de curto prazo e a velocidade de reação, entrando em vigor dentro de 60 minutos, mas estas reivindicações nunca tenham sido cientificamente comprovadas. Em 2010 ele vendeu a empresa para uma empresa de equity de Londres. Foram as experiências de Ferris na BrainQUICKEN que o levaram a escrever o livro Trabalhe 4 Horas por Semana.

Em 2007, lançou seu primeiro livro, Trabalhe 4 Horas por Semana (enquanto trabalhava 14 horas por dia na BrainQUICKEN), que alcançou a primeira posição na lista de mais vendidos (best-sellers) do The New York Times e do Wall Street Journal. Desde o lançamento, o livro ficou sete anos consecutivos em listas de mais vendidos, tendo vendido mais de 1.3 milhão de cópias.

Tim Ferriss é aquele enganador que nós odiamos amar. O americano surpreendeu o mundo ao afirmar que trabalhava apenas 4 horas por semana, mas não é beeeem assim. Certa vez, perguntado se trabalhava realmente apenas 4 horas por semana, ele admitiu que trabalhava bem mais, só que considerava as demais horas, diversão – então não contava.

Em 2010, Tim lançou o livro 4 Horas Para o Corpo, que também alcançou a primeira posição na lista de best-sellers do New York Times. Trata-se de um guia incomum para uma rápida dieta de perda de peso, cobrindo mais de 50 tópicos, desde a perda de gordura rápida, aumento de força, aumento de resistência e sono polifásico. Ferris também apresenta a sua versão da Dieta Low Carb, que envolve a supressão de amidos e doces (incluindo frutas e adoçantes artificiais), e uma forte preferência por proteínas magras, legumes e verduras. Para este livro, Ferriss entrevistou mais de 200 especialistas ao longo de 3 anos.

O livro tem inclusive um Trailler…

Seu terceiro livro foi lançado em 2012, chamado Chefe de Cozinha de 4 Horas, que alcançou a primeira posição na lista de best-sellers do Wall Street Journal. O livro contém receitas práticas e dicas para o leitor criar uma habilidade de cozinhar, usando métodos de aprendizagem acelerada (meta-aprendizagem).

Notou que o Tim tem uma feição especial por esse negócio de 4 horas? E por colocar os livros em primeiro na lista de mais vendidos mais famosas dos Estados Unidos. A revista New Yorker descreveu Ferriss como o novo guro da auto-ajuda, comparando Ferriss e seus livros com Napoleon Hill, Norman Vincent Peale, Stephen Covey e Spencer Johnson. A revista Wired Magazine chamou Ferris de “O Super-Homem do Vale do Silício”.

Ferriss é conhecido por sua aplicação tanto do princípio de Pareto, como da Lei de Parkinson nos negócios e na vida pessoal. Ele também pensa que a tecnologia, tal como e-mail, mensagens instantâneas e tablets com acesso à Internet complicam a vida, ao invés de simplificá-la. Seus ensinamentos se encaixam sob a égide do que ele chama de “design de estilo de vida”, em que ele promove “mini-reformas” como uma alternativa para o plano de carreira da “vida adiada” (onde se trabalha em um emprego das 9 às 17 até a aposentadoria). Trata-se de quebrar o que ele chama de “pressupostos ultrapassados” e encontrar maneiras de ser mais eficaz para que o trabalho ocupe menos tempo do seu dia.

O objetivo do Tim Ferriss é que você consiga trabalhar menos, ganhar mais – e também construir a tua renda passiva (um negócio ou algo que te gere renda sem teu trabalho) com as sobras de renda que você deve incrementar, já que vai conseguir trabalhar mais no mesmo tempo.

E como se faz isso?

1. Não é para trabalhar para você mesmo, mas para fazer outras pessoas trabalharem para você: delegar!

2. Trabalhar somente pelo trabalho é improdutivo. É importante você encontrar o menor esforço necessário para fazer o suficiente. Ou seja: se você pode fazer tudo o que precisa em duas horas, não precisa trabalhar oito horas por dia. E aí ele vai questionar todo o sistema no qual está inserido.

3. Trabalhar como louco a vida inteira para curtir uma possível aposentadoria é sem sentido! Jogamos fora os melhores anos da vida esperando para curtí-la quando nem sabemos se teremos saúde para isso? Não faz sentido! O que ele propôe, então, é um modelo de trabalho que proporcione intervalos de mini-aposentadorias de tempos em tempos.

4. Da mesma forma, trabalhar a vida inteira para enfim descansar é loucura. Significa que você vai viver a fazendo algo que não gosta para então descansar? O objetivo não é a inatividade, mas fazer algo que te estimula e dá prazer.

5. Só compre coisas se for útil para você otimizar a tua vida ou o teu trabalho. Não compre por comprar: isso só vai te fazer  trabalhar para pagar dívidas e se encher de objetos que não precisa.

6. Não é seja o chefe, nem o empregado, mas o dono. Pelo menos durante meio período do dia.

7. Ganhe dinheiro para garantir a segurança das contas pagas e também para realizar teus sonhos. O dinheiro só pelo dinheiro não leva a nada.

Tim também é investidor anjo e membro do conselho do Facebook, Twitter, Evernote e Uber.

Apresentação no TED:

“Todo mundo quer ser um milionário, mas ninguém quer ser um milionário para ter a conta recheada, e sim para viver como um milionário. Para viver como tal, não precisa ter o dinheiro. Basta fazer a tua vida e viver como um. Não adianta trabalhar 45 anos, se aposentar e ‘aproveitar’ o que sobrou da vida. Viva cada vez mais intensamente e se presenteie com mini aposentadorias ao longo da tua vida de trabalho. Aproveite a vida e se divirta.”

Enjoy!

Quer transformar tua vida?
Receba as próximas atualizações direto teu e-mail, e participe gratuitamente de sorteios semanais de livros. ?? LIVRE DE SPAM.
rsl2016mmi