Quando te disseram que era impossível, e você vai e faz!

“Divida o impossível em passos possíveis”

Já te disseram para não dar ouvidos a quem não conseguiu fazer o que você quer fazer, ou quem sequer chegou perto?

Isso tem um motivo muito específico: essas pessoas não acreditaram que você faria.

Às vezes a maior motivação é provar que eu sou capaz, provar que eu consigo, provar para alguém que duvidou, que aquilo era possível. E depois?

Eu passei por isso à um tempo atrás, e por muito tempo minha motivação foi provar para essa pessoa, por mais que ela não soubesse, que eu teria o sucesso que ela falou que eu não alcançaria. E então isso aconteceu, faz alguns anos, e aí eu travei. Me senti sem rumo… sem uma nova meta, sem um objetivo para buscar, e comecei a buscar algo que eu nem sabia que era. E no fim, encontrei no coach, um mundo de milhões de possibilidades de crescimento pessoal e profissional. Dezenas de novos objetivos brotaram quase que instantaneamente.

A questão é que… você pode se motivar por dois caminhos:

1) Provar que você consegue, a qualquer custo e no menor tempo.
2) Descobrir teu propósito de vida, e vivendo de acordo com ele, estabelecer objetivos adequados com os teus valores e ir atrás deles, com persistência, disciplina, com um tempo adequado de execução.

Por desconhecimento, eu comecei com a primeira. Depois, por um ou dois anos, fiquei no limbo, e então descobri a segunda maneira de motivação.

Apenas relembrando:
– Motivação: aquilo que motiva para ação.
– Ação: tem poder quem age, tem mais poder quem age na direção certa, tem super poderes quem age na direção certa e na velocidade certa (~Paulo Vieira)

A motivação é um combustível que precisa ser reabastecido diariamente. Meu primeiro post aqui foi algo como… “Motivação faz você começar. Hábito faz continuar”.

O Hábito é estudado há vários anos, inclusive tem um livro inteiro sobre isso “O Poder do Hábito”, um pouco chato de ler, mas importante se você quer se aprofundar em entender melhor os hábitos.

Hábitos são como crenças… são atalhos neurológicos que o nosso cérebro cria para economizar energia ao fazer determinadas tarefas que se repetem. Crenças são atalhos neurológicos que o cérebro cria para economizar energia em decisões rotineiras. Tanto para mudar um hábito como para mudar uma crença, são necessárias repetições, repetições e mais repetições… então imagine a motivação como um fogo de gravetos… ele dura pouco, e precisa ser constantemente regado, até que, segundo psicólogos ingleses, em aproximadamente 90 dias, você adquire o novo hábito (essa métrica varia de 21 a 90 dias dependendo do instituto que fez a pesquisa).

Pessoas vencedoras, possuem hábitos saudáveis, que levam à execução persistente e consistente de tarefas que levam elas para o sucesso. Encontre as suas e tenha determinação, ousadia e disciplina para incorporá-las no seu conjunto de hábitos.

Para ajudar, vou republicar aqui uma publicação minha de Agosto de 2016:

Thomas Corley é um consultor financeiro americano que ficou famoso depois que passou 5 anos observando mais de 400 “ricos” (mas de USD 3 milhões em patrimônio) e “pobres” (menos e USD 5 mil em patrimônio) – como viviam, trabalhavam e dormiam, juntou todas as anotações e chegou a conclusão de que os HÁBITOS DIÁRIOS era o que definia a razão da riqueza ou pobreza das pessoas que ele estudou.
Então ele pegou lançou o best-seller “Os hábitos dos ricos: os hábitos diários de sucesso dos indivíduos endinheirados”. O livro não foi lançado no Brasil ainda, então consegui um tira-gosto com 20 hábitos que o Tom encontrou em comum.

Segundo Corley, o estudo revelou, que, mesmo nas coisas que não depende de ter ou não dinheiro, há uma diferença enorme entre o que ricos e pobres fazem no dia a dia.

1) RICOS ACORDAM CEDO: 44% dos entrevistados acordam muito cedo. Geralmente 3 horas antes do horário comum de trabalho. Alguns utilizam essas horas para se exercitar, ou para ler. A intenção era fazer algo para melhorar a mente ou o corpo nesse tempo

2) RICOS NÃO PERDEM TEMPO: Os ricos, quando acordam, já tem no mínimo 70% das coisas planejados para aquele dia, em uma checklist. Para deixar o seu dia a dia mais produtivo, dedicam cerca de 30 minutos planejando o dia seguinte.

3) ALMOÇO É PARA NEGOCIAR E FAZER PARCERIAS: 55% Dos ricos entrevistados afirmaram que geralmente não almoçam sem estar com um parceiro de negócio. O almoço serve somente para negociar, e geralmente é bem rápido

4) RICOS CUIDAM DA SAÚDE: Corley constatou que grande parte dos ricos moderam na ingestão de álcool e fast food. Para eles, estar saudável significa ter mais tempo para ganhar dinheiro. E menos tempo com dor de barriga, dor de cabeça, dor de estômago ou precisando ficar parado por indisposição. 97% das pessoas pobres comem mais do que 300 calorias de fast food por dia.
*Meu comentário: Imagina comigo se a tua renda anual for de R$ 3.650.000, quanto significa um dia perdido? R$ 10 mil reais. E considerando que tempo é algo que não volta e nem se recupera, valeu a pena perder um dia da vida?

5) SEM FOFOCAS: Enquanto 79% dos pobres afirmaram fazer fofocas, apenas 6% dos ricos disseram fazer a mesma coisa.

6) MENOS MÍDIAS SOCIAIS: Enquanto os pobres afirmavam que no final do dia preferiam passar pelo menos 1 horinha em frente ao computador, geralmente em uma rede social, os ricos afirmaram que preferir ir para algum evento real, fazer networking ou realizar algum tipo de trabalho voluntário.

7) FOCO: 80% dos ricos estão focados em realizar um objetivo único. Apenas 12% dos pobres fazem isso.

8) EXERCÍCIO FÍSICOS: 76% dos ricos praticam exercícios aeróbicos quatro dias por semana. 23% dos pobres fazem isso.
*Meu comentário: Muitas pessoas dizem não ter tempo para exercícios. Para ter mais tempo no meu dia passei a dormir 1 hora a menos e conseguir praticar pelo menos 45 minutos de exercícios diariamente. A diferença é dessa hora que eu estaria dormindo é que eu acordaria “esquentando o motor” ao passo que atualmente, após os exercícios, já estou pilhado em 110% de energia para começar o dia. Faz toda a diferença na minha produtividade.

9) OTIMIZAÇÃO DO TEMPO: 63% dos ricos ouvem áudio-books durante o trajeto para o trabalho contra 5% das pessoas pobres.

10) LISTA DE TAREFAS: 81% dos ricos mantém listas de tarefas contra 19% dos pobres.

11) CUIDAM DA SUCESSÃO: 63% dos pais ricos fazem seus filhos ler dois ou mais livros de “não ficção” por mês mês contra 3% dos pobres.
*Meu comentário: Não ficção é livro de auto-ajuda, um livro técnico, um livro de PNL, um livro de conhecimentos para a vida, não um livro de história.

12) VOLUNTARIADO CEDO: 70% dos pais ricos fazem seus filhos praticar voluntariado de 10 horas ou mais por mês contra 3% dos pobres.
13) CELEBRAR, COMEMORAR: 80% dos ricos comemoram o aniversário contra 11% dos pobres.
*Meu comentário: comemorar qualquer vitória na vida, inclusive mais um ano de vida faz com que a Hipófise libere a produção de endorfina, um hormônio que combate o hormônio do stress, o cortisol.

14) OBJETIVOS DEFINIDOS: 67% dos ricos escrevem seus objetivos contra 17% dos pobres.

15) QUEM NÃO ESTÁ CRESCENDO, ESTÁ MORRENDO: 88% dos ricos lêem 30 minutos ou mais por dia para a educação ou carreira vs. Pobres: 2%…

16) ENSINANDO DESDE CEDO: 74% dos ricos ensinam bons hábitos de sucesso diários para os seus filhos contra 1% dos pobres.

17) OPORTUNIDADES SÃO COMO ÔNIBUS: SEMPRE TEM OUTRO PASSANDO: 84% dos ricos acreditam que bons hábitos criam oportunidades de “sorte” contra 4% dos pobres.

18) MAUS HÁBITOS DÃO AZAR: 76% dos ricos acreditam que maus hábitos prejudicam a sorte contra 9% de pobres.

19) AUTO-DIDATA: 86% dos ricos acreditam em auto-aperfeiçoamento ao longo da vida contra 5% dos pobres.

20) LER, LER, LER, LER: 86% dos ricos amam ler, contra 26% dos pobres.

#saiDaMedia

Quer transformar tua vida?
Receba as próximas atualizações direto teu e-mail, e participe gratuitamente de sorteios semanais de livros. ?? LIVRE DE SPAM.

Comentarios

About The Author

Empreendedor em série, graduado em Administração de Empresas, cursou Técnico em Processamento de Dados na UFRGS e Engenharia Elétrica na PUCRS. Atua no mercado de Datacenter/Cloud desde 1998. Fundou a WeBrasil, HostNet e Cyberweb, atualmente controladora da KingHost - provedor de hospedagem de sites com 60 mil clientes. Em 2012, criou a Giga Internet, provedor de internet wireless que atende 15 cidades no Rio Grande do Sul. Em 2016, começou o projeto Riqueza Sem Limites, com visão de exportar inspiração e conhecimento de alto nível para além das fronteiras Brasileiras. Atualmente dedica 50% do tempo para estudar assuntos ligados à neurociência, psicologia comportamental e biohacking.

Leia o post anterior:
Decreto do dia: quanto mais eu aprendo, mais eu tenho sorte

"Jamais pare de aprender, a vida jamais para de ensinar" Você não decide o teu futuro. Você decide o que...

Fechar
rsl2016mmi