Para de dar desculpas! Assume que fez merda e aprende com os teus erros!

“Nós temos o desejo natural de aprender, crescer e nos desenvolver indefinidamente. Queremos nos tornar pessoas melhores. Uma vez que admitimos essa inclinação para a melhoria contínua e permanente, passamos a ter uma vida de realizações e satisfações” ~ Chuck Gallozzi

Algumas pessoas tem a tendência natural a se desculpar – ou arrumar motivos – por não dar o seu melhor nas suas atividades. Às vezes é o tempo, ou outra pessoa que estava envolvida, ou o “excesso de coisas”, ou ainda, a dor de cabeça. Mas geralmente quando as coisas dão errado, a culpa é dos outros.

Talvez isso aconteça por uma maldita crença de que errar é feio. Errar é ruim, vai mostrar que sou imperfeito e não posso demonstrar fraqueza.

E às vezes pode ser difícil assumir que errou, justamente por ter uma crença de que errar demonstra que é fraco. Mas quando você entende que o erro faz parte do aprendizado, que é errando que se aprende, a visão muda.

Eu acredito que nessa parte, a vida me facilitou as coisas. Desde cedo, para mim errar era parte do processo. Com 16 anos, comecei o atual ensino médio junto com especialização técnica em informática (na época se chamava processamento de dados).

Nas aulas de programação de sistemas, é comum o processo de “tentativa e erro”. Faz o código, revisa, testa e… puff, deu erro.
Revista novamente, roda e… outra linha com erro. Geralmente erros banais, como uma letra errada, um ponto e vírgula que faltou, um “=” com um espaço antes ou outro depois, ou uma variável com o nome errado.

Em programação de computadores você faz o código, testa e dá erro, e aí você arruma e faz de novo. Em um processo natural. O importante não é o erro, mas o resultado. E se o resultado deu certo, bingo, você conseguiu!

Oxalá mais pessoas pensassem assim na vida: o erro é parte do processo, e o que importa nesse caso, além do resultado, é com quais erros eu aprendi, quais eu usei como trampolins para saltos ainda mais altos e para quais pessoas eu tive a oportunidade de ensinar estes erros para que estas pessoas possam usá-los como base para suas decisões.

Eu penso que assumir um erro ou falha como sendo um aprendizado, não me torna mais fraco, nem frágil, mas pelo contrário, para as outras pessoas, demonstra força, resiliência, pois eu não me deixo abater por algo que causa calafrios em muita gente só de imaginar “o que os outros vão pensar?”.

Hoje eu sugiro que você pare de dar desculpas. Assume que errou, aprende com os erros, trabalha com ainda mais empenho para dar o TEU MELHOR, e cresça verdadeiramente.

Porque esconder ou repassar a responsabilidade pelos teus erros para os outros, não vai te trazer felicidade. Nem aprendizado. Nem sucesso.

#saiDaMedia

BOM DOMINGO! ☀️

Quer transformar tua vida?
Receba as próximas atualizações direto teu e-mail, e participe gratuitamente de sorteios semanais de livros. ?? LIVRE DE SPAM.

Comentarios

Leia o post anterior:
O ano está quase terminando e não me arrependo de nada! Aproveitei todas as coisas boas e aprendi com as más.

Deixa eu compartilhar um pequeno SEGREDO do sucesso: Jamais compartilhe grandes idéias com mentes pequenas. Lembra aquele ditado "mentes grandes...

Fechar
rsl2016mmi