Os aviões tem um limite para voar. Você não!

A tua renda será tão grande quanto for a tua mentalidade.

Limites, crenças limitantes, mentes limitadas, aprisionadas na própria gaiola mental. É assim que eu já me senti: como se tivesse um teto e esse teto fosse intransponível, e é assim que funcionam os nossos conceitos de riqueza.

Imagine um termostato: algumas pessoas tem o termostato de riqueza ajustado para milhares, outros para centenas de milhares (6 dígitos), outros para milhões, outros para vários milhões, e tem um seleto grupo de 2473 pessoas (segundo a Forbes), que tem o termostato ajustado para bilhões.

E riqueza nesse aspecto, eu falo de riqueza material mesmo, porque saúde você compra (ou vai no SUS); educação, você compra (a melhor possível); felicidade… felicidade é um conceito único de cada pessoa, para uns se compra, para outros não. Mas enfim, como disse o Jordan Belfort (o Lobo de WallStreet), “eu já fui rico e já fui pobre, e eu prefiro ser rico”.

E eu quero chegar hoje é nesse ponto: escolha ser rico.

Não importa a condição em que você nasceu ou está hoje, mudanças acontecem, e rápido. Quem foi que disse que se você nasceu em uma comunidade humilde, tem que morrer humilde? Quem foi que disse que se você perdeu tudo o que tinha, tem que viver sem nada?

Sério, esse negócio de limite, é pra máquina, carro, avião… a física impõe limites. A nossa mente é infinita, poderosa, e comanda o nosso corpo, e baseado nisso, podemos ser quem queremos ser, e fazer o impossível. O impossível só é chamado assim porque ninguém fez ainda. Assim eram os recordes olímpicos: impossíveis… e a cada 4 anos pelo menos, recordes impossíveis são ultrapassados.

Só existe uma pessoa que pode mudar o jogo, e só tem uma maneira.

A pessoa, é você mesmo. O jeito, é agindo, tirando a bunda do sofá. Desligando a TV. Tirando os ácaros da cama… ninguém precisa dormir mais de 8 horas por dia, e se você realmente quer alguma coisa, comece a repensar até essas 8 horas.

Tome uma decisão, e dê o teu melhor para concretizar. Imediatamente. Não é amanhã. Não é na semana que vem, nem ano que vem. É hoje, aqui e agora.

Esse papinho de “ano que vem eu faço” é historinha de perdedor. PERDEDOR. Porque eu tenho certeza que não é a primeira vez que isso acontece, e vai se repetir, porque da mesma maneira que fala que “ano que vem começa”… já fez outras vezes e não começou nada. Não mudou nada. Mais um ano passou e nada melhorou.

MEU objetivo de hoje (de TODOS OS “HOJE”): ser MELHOR do que fui ONTEM.

E como eu sei que hoje eu fui melhor do que ontem? Porque eu medi. O “Lord Kevin” (William Thomson, o físico Irlandês que inventou o concorrente do grau Celsius) uma vez falou “Aquilo que não se pode medir, não se pode melhorar”. Pois então, eu registro em um diário, em todos os dias, qual foi o meu +1% de hoje, o que eu fiz para ser melhor do que fui ontem, como uma prestação de contas. E sugiro que se você quer ser mais do que você é hoje, faça o mesmo. Eu não inventei isso, eu copiei, dos hábitos dos maiores multi-milionários americanos.

E isso tudo, só para finalizar te dizendo que para ter dinheiro nas mãos, na carteira, no banco, precisa ter primeiro aqui ó: ?? ?

BOA TERÇA!

#saiDaMedia

Quer transformar tua vida?
Receba as próximas atualizações direto teu e-mail, e participe gratuitamente de sorteios semanais de livros. ?? LIVRE DE SPAM.
I agree to have my personal information transfered to AWeber ( more information )

Comentarios

About The Author

Empreendedor em série, graduado em Administração de Empresas, cursou Técnico em Processamento de Dados na UFRGS e Engenharia Elétrica na PUCRS. Atua no mercado de Datacenter/Cloud desde 1998. Fundou a WeBrasil, HostNet e Cyberweb, atualmente controladora da KingHost - provedor de hospedagem de sites com 60 mil clientes. Em 2012, criou a Giga Internet, provedor de internet wireless que atende 15 cidades no Rio Grande do Sul. Em 2016, começou o projeto Riqueza Sem Limites, com visão de exportar inspiração e conhecimento de alto nível para além das fronteiras Brasileiras. Atualmente dedica 50% do tempo para estudar assuntos ligados à neurociência, psicologia comportamental e biohacking.

Related Posts

rsl2016mmi