Não tenha medo do caminho. Tenha medo de não caminhar.

Não é à toa que o renomado Dr. Augusto Cury já vendeu mais de 30 milhões de livros, sendo 7 milhões somente do O Vendedor de Sonhos, em todo o mundo.

O livro fala sobre a vida de um homem que se utilizou do anonimato para se declarar O Vendedor de Sonhos. O termo é usado em diversos momentos da obra para dar ênfase ao que ele realmente fazia: vender sonhos para as pessoas desoladas e angustiadas com a própria vida que tinham. Pessoas com comportamentos, vícios ou distúrbios irreversíveis, bem como alcóolatras, pessoas depressivas, ladrões, indivíduos que já foram presidiários, doentes mentais e físicos, pessoas em situações críticas, que viviam à margem da sociedade, que sofriam com doenças psíquicas por terem sido abaladas com perdas irreparáveis, que tiveram prejuízos e perdas no mundo financeiro, ou ainda a falta de autenticidade e reconhecimento social.

Como é de se esperar, O Vendedor de Sonhos acabou cativando amigos e inimigos, transformando a vida de centenas de pessoas, fazendo tanto sucesso que virou filme, e será lançado em 08 de Dezembro nos cinemas, com o mesmo nome do livro.

Os sonhos movem o mundo, literalmente. Não, não é uma frase clichê. Tudo que está sendo criado hoje, foi sonhado e pensado antes na mente de alguém. Alguém sonhou, se aliou a um grupo de pessoas (ou resolveu fazer sozinho), pensou, planejou, projetou e executou tudo o que temos hoje: desde carros, sistemas, casas, aplicativos, e até naves espaciais para ir até Marte. Sim, o Elon Musk criou a SpaceX baseado nos sonhos de infância de ser astronauta. Ele também criou a Tesla, uma fabricante de automóveis 100% movidos à energia de baterias. E para vender veículos com maior autonomia, ele criou uma divisão com foco em criar uma bateria com maior autonomia – e isso levou ao desenvolvimento da bateria, e também de placas solares de captação de energia de alta performance, através da Solar City, uma empresa focada em geração baseada na energia solar em casas.

Você entende que um único sonho pode levar à criação de diversas tecnologias, facilidades, processos inovadores? E isso tudo só aconteceu por que houve persistência. Você talvez tenha pensado: ah, mas o Elon Musk tinha dinheiro quando começou isso tudo. Verdade, ele tinha, afinal ele vendeu o Paypal (sistema de pagamentos online) para o Ebay em 2002, por 1.5 bilhões de dólares – mas a empresa não era totalmente dele e ele ficou apenas com 165 milhões de dólares. Bastante né? Não para construir uma fábrica de foguetes espaciais. E ele quebrou… os projetos de foguetes que iriam gerar caixa para a SpaceX falharam e faltou dinheiro. Mesmo assim, ele não desistiu e buscou uma solução. Daí a importância de manter por perto, pessoas que acreditam em você e podem te ajudar nos momentos de dificuldade, que vão te jogar para cima nas piores horas, e vão te trazer conforto para racionalizar e tomar as melhores decisões. Você é média das 5 pessoas com quem mais convive já disse um escritor famoso.

Alguns autores citam que os nossos relacionamentos seguem um círculo ao nosso redor, como um círculo de influência. Em um conjunto de círculos de diferentes raios, onde somos o centro, as pessoas nos primeiros círculos, seriam nossa família, depois amigos, depois pessoas do trabalho, depois amigos distantes. Todas essas pessoas exercem influência sobre nós e vice-versa. Manter proximidade com pessoas que nos colocam para baixo ou que produzem pensamentos e idéias negativas na maior parte do tempo é extremamente prejudicial. Minha recomendação: afaste-se – limite o tempo que vai ficar próximo dessas pessoas e na medida do possível, procure ajudá-las a enxergar como a vida delas pode ser mais leve e fácil, se mudarem a forma de pensar, sentir e agir. Como os resultados delas serão muito melhores agindo de modo diferente da média das outras pessoas.

Na vida, temos duas opções, aliás, três… viver no passado (ó vida), viver no futuro (viver de sonhos) ou viver no presente, com foco no futuro. Eu escolho viver no presente, com foco no futuro. E só consegue isso quem tem sonhos. Sonhos não causam depressão, eles nos trazem um objetivo, uma meta, que pode parecer inatingível hoje, mas como você pode ver, até o sonho mais bobo de um menino, com alguns milhões de dólares, muita leitura (dizem que o Elon Musk chegou a ler dois livros por dia) – a propósito, ele leu desde biografias de grandes ícones da nossa história, livros de ficção, até livros de física e engenharia. Sim, ele não apenas sonhou, ele foi atrás, para buscar o melhor caminho para materializar os sonhos. E eu tenho uma admiração diferenciada pelo Elon Musk, pois ele é um dos únicos caras de sucesso que diz que não tem um mentor (Warren Buffet, por exemplo, teve uma pessoa que lhe ensinou boa parte do que sabe) – ele diz que busca qualidades pontuais em mentores eventuais. Eu penso que isso é o ideal: ele não ficou “preso” nas idéias de uma pessoa, o Elon busca a pessoa que ele precisa naquele momento específico, e na maioria das vezes, nem é para aprender como fazer, mas apenas validar as idéias que ele pensa em produzir. Para

E voltando ao psicanalista Brasileiro que mais vendeu livros até hoje, o Dr. Augusto Cury também estará com Nick Vujicic em São Paulo, no Estádio Morumbi em 17 de Dezembro. Será 9 dias após o lançamento do filme O Vendedor de Sonhos nos cinemas. Uma excelente oportunidade de conhecer de perto dois gênios: Nick e Augusto Cury ▶ Veja mais aqui: http://bit.ly/AugustoCuryDez2016

ESPETACULAR QUARTA-FEIRA PARA VOCÊ!

#OVendedorDeSonhos #8deDezembro #SaiDaMedia

Quer transformar tua vida?
Receba as próximas atualizações direto teu e-mail, e participe gratuitamente de sorteios semanais de livros. ?? LIVRE DE SPAM.

Comentarios

Leia o post anterior:
Se o seu plano não está funcionando, mude o plano. Não mude o objetivo.

"O primeiro passo é entender que algo é possível. Então provavelmente acontecerá". ~ Elon Musk Por que se algo é...

Fechar
rsl2016mmi