Você conhece 2 lugares encantadores para viver sem stress até o fim da vida?

Poderes da Agua sobre o Comportamento e a Mente

Você também sente uma paz interior imensurável, fora do comum, quando você está caminhando na areia, ao longo do mar? Ou aquela sensação de rejuvenescimento quando você passa por uma cachoeira e resolve tomar aquele banho gelado (brrrr)? E que tal os raios do sol refletindo naquele lago azul de tirar fôlego, todos os dias na janela do teu quarto? Segundo cientistas e pesquisadores que vou descrever, a sensação boa que sentimos próximo de água, seja um lago, um rio ou o oceano, tem um efeito positivo sobre o nosso cérebro.

Hoje vou te mostrar a pesquisa que fiz onde a Ciência explica quais efeitos morar perto do oceano podem gerar no nosso cérebro – e no nosso corpo. Os pesquisadores e cientistas comumente se referem a espaço azul como sendo rios, lagos, oceano e espaço verde, o restante da natureza.

Médicos ingleses tem prescrito o “ar do mar” como uma cura para uma variedade de doenças. Mas, enquanto os benefícios do espaço verde para a saúde são bem conhecidos graças às pesquisas pioneiras do pesquisador sueco, Dr. Roger Ulrich e dos professores Rachel e Stephen Kaplan, entre outros, pouca análise foi feita sobre o espaço azul: o impacto do mar, rios, lagos, e até mesmo recursos hídricos urbanos sobre a nossa saúde e bem-estar.

E o que exatamente está acontecendo com o nosso cérebro quando nós nos cercamos de água? Durante as férias (no verão por exemplo), devido aos excessos de estímulos sensoriais, talvez você não consiga sentir esse efeito calmante, ao menos durante a muvuca do dia. Olhar para a água e ouvir o som gerado pelo movimento de ondas ou o curso do rio, coloca nossas mentes sobrecarregadas em imediato estado hipnótico relaxado, com a vantagem de ser um modo diferente que o nosso cérebro, promovendo o lado criativo do nosso cérebro (o lado direito do cérebro), e também levando à melhora no nosso bem-estar.

Refenciado como espaço azul, o impacto do mar, rios e lagos na nossa felicidade e no nosso bem-estar, está sendo pesquisado por neuro-cientistas e psicólogos. Um deles é Wallace J. Nichols, chamado de “Guardador do Mar”, é um reconhecido cientista e biólogo marinho. Wallace discutiu e publicou as diferentes maneiras que a água pode nos afetar positivamente, e vários psicólogos tem pesquisado como apenas ter o espaço azul por perto, pode aumentar a sua saúde mental. Seu livro, Mente Azul, é um estudo sobre a água e por que ela nos faz feliz.

Nichols acredita que todos nós devemos canalizar o azul em nossas mentes, utilizando água para desintoxicação da nossa escravização digital. Mesmo tomando um banho ou curtindo a fotografia de um rio, deverá fazer efeito. Imagine, diz ele, como as negociações comerciais poderiam ser mais fáceis se as partes interessadas fossem todos para uma banheira de hidromassagem!

6 efeitos que a água tem o poder de produzir em nós

A água induz um estado meditativo

A água induz um estado meditativo

O som das ondas quebrando no oceano pode realmente nos colocar em um estado meditativo consciente. Descobriu-se que os som das ondas pode alterar o padrão das nossas ondas cerebrais causando um efeito de relaxamento. Apenas observar o movimento da água faz com que a nossa mentes se acalme. Esse efeito possui inúmeros benefícios para contribuir para redução de um estado depressivo, baixando os níveis de estresse e ansiedade, promovendo um padrão de clareza mental e maior relaxamento ao dormir, gerando um sono efetivamente restaurador.

A água invoca inspiração e criatividade

A água invoca inspiração e criatividade

Quando estamos próximos da água, nossos cérebros se alternam do modo ocupado para modo descontraído. Isso leva, naturalmente, o nosso cérebro a se abrir, porque não está mais focado nos milhões de pensamentos que giram a todo momento, que muitas vezes podem nos levar ao estresse ou ansiedade. Quando seu cérebro está neste estado relaxado, é mais aberto aos pensamentos inspirados e criativos. Na essência, estamos praticamente desligando o cérebro e dando um descanso das atividades do dia, gerando um melhor ambiente mental para insight e introspecção.

A água nos dá um sentimento de contemplação

A água nos dá um sentimento de contemplação

A contemplação é um fator importante na recente ciência popular da psicologia positiva. A emoção da contemplação contribui muito para a nossa felicidade, porque não só nos permite estar no momento presente, mas nos leva a refletir sobre o nosso lugar no mundo que nos rodeia invocando uma sensação de ser humilde, sentimentos de conexão com algo além de nós mesmos e a vastidão pura da natureza. Estudo realizado em Dusseldorf e Colonia, na Alemanha. Os resultados sugerem que o espaço azul atua  coo um fator de promoção da saúde – mais do que o espaço verde. Fonte

A água aumenta os benefícios de exercícios

A água aumenta os benefícios de exercícios

Exercícios são, obviamente, uma boa maneira de melhorar o nosso bem-estar mental. No entanto, sair para uma corrida ou caminhada à beira-mar, aumenta esses benefícios em pelo menos dez vezes. Sair para um mergulho em um lago ou de bicicleta ao longo da trilha ao lado de um rio, vai lhe gerar um tremendo impulso mental. A ideia é que estar cercado pelo espaço azul, desencadeia um benefício mais positivo para a prática de exercícios, com o aumento da ingestão de íons negativos em nosso corpo. Esse estudo foi conduzido na Alemanha por Sebastian Völker e Thomas Kistemann. Fonte

A água é uma fonte rica em íons negativos

A água é uma fonte rica em íons negativos

Os ions são pequenas partículas que existem na natureza, estão por toda parte. Os íons negativos são a razão pela qual nos sentimos extremamente bem em contato com a natureza. Eles se formam, por exemplo, próximo a cachoeiras, na beira do mar, nas florestas, campo e são comprovadamente muito benéficos para a saúde humana. Eles facilitam a absorção de oxigênio nas células, fortificam nosso sistema imunológico, aumentam a atividade mental, geram bem estar e consequentemente melhoram nosso humor!

Já os ions positivos são muito presentes nos centros urbanos, em água poluída, ambiente com ar condicionado, ambientes com muitos equipamentos eletrônicos e também nos dias nublados. Eles atrapalham o raciocínio, afetam o sistema imunológico, aumentam o estresse, o mal humor, geram ansiedade, dor de cabeça e contribuem para a depressão.

Dá uma olhada na comparação sobre a quantidade média de íons negativos em ambientes naturais e artificiais por centímetro cúbico:

– Cachoeira – 25.000
– Beira mar – 5.000
– Campo – 1.200
– Cidade grande – 100
– Apartamento, escritório – 20
– No carro – 15
– Ambiente ar condicionado – 0

Os efeitos de íons positivos e negativos sobre o nosso bem-estar têm sido considerados uma influência singular em como nós nos sentimos. A boa noticia é que, para aqueles que trabalham Full Time em ambientes fechados ou moram em grandes centros urbanos, existem empresas se especializando em colchões, roupas, aparelhos e lâmpadas que produzem íons negativos purificando o ambiente. Outra solução é, sempre que possível, dar uma escapada para um sítio, uma cachoeira ou uma praia e respirar profundamente, limpar os pulmões, o corpo, os pensamentos e as emoções.

“Os geradores de íons negativos aliviam a depressão, tanto quanto antidepressivos” – confirma o pesquisador da Universida de Columbia, Michael Terman, que estuda o efeito dos íons negativos sobre casos de depressão crônica.

De um modo geral, os íons negativos aumentam o fluxo de oxigênio para o cérebro, resultando em maior agilidade, diminuição da sonolência, e mais energia mental “, diz Pierce J. Howard, PhD, autor do Manual do Proprietário para o Cérebro.

“Eles também podem proteger contra germes no ar, resultando em diminuição da irritação devido à inalação de várias partículas que fazem você espirrar, tossir, ou ter uma irritação da garganta.”

E se você não tem puder ir dar um pulo no espaço azul frequentemente, saiba que todos temos um excelente gerador de íons negativos em casa, melhor que muito gerador eletrônico -> o chuveiro. 

Dando um mergulho

Dando um mergulho

Não apenas estar perto da água que aumenta a sensação de bem-estar, mas estar submerso em uma fonte natural de água, como o mar, um lago ou um rio, revigora o corpo rapidamente. As diferentes temperaturas acrescentam benefícios em ambos os lados: o calafrio natural pode proporcionar um tratamento calmante para seus nervos e refrescar o corpo mental e fisicamente, enquanto águas mais quentes durante o verão podem ajudar a relaxar os músculos e aliviar as tensões.

Efeito em áreas residenciais

Efeito em áreas residenciais

Os pesquisadores Daniel NutsfordAmber L. Pearson, Simon Kingham e Femke Reitsma fizeram um estudo sobre o efeito do espaço azul, isolado do “espaço verde” em um ambiente residencial. O estudo foi conduzido na capital de Wellington (~ 350 mil habitantes), na Nova Zelândia. Como a urbanização aumentando globalmente, características de um bairro urbano que podem melhorar a saúde física e mental das pessoas, são de importância crescente. Usando a aplicação de  técnicas geoespaciais, o estudo confirmou que o aumento da visibilidade espaço azul é associados com um menor sofrimento psíquico. Os pesquisadores concluem ainda que esse estudo pode ser um embrião para que novas pesquisas sejam feitas nessa área, evidenciando oportunidades para promoção de saúde mental através da construção de residências em localizações com vista para o oceano ou construção de ambientes residenciais multi-familiar em áreas urbanas desenhadas com objetivo de exposição para o espaços azuisFonte

As pesquisas no mundo todo não param, principalmente na Europa, onde o impacto do espaço azul sobre a nossa vida é cada vez mais pesquisado, inclusive o efeito da água nas pessoas com Alzheimer, como o ECEHH (Centro Europeu para o Meio Ambiente e Saúde Humana) realiza. Outra pesquisas, em ambiente controlado (aquários), com peixes também são realizadas, mas ainda são em estágio inicial, visto que existem muitas variáveis para serem eliminadas. Alguns pesquisadores questionam o fato de os efeitos de uma determinada praia com clima X causar variações maiores do que outra localidade, com clima Y.

E o que causa esse fascínio pelo efeito da água no comportamento humano? Há todos os tipos de possibilidades intrigantes. Uma delas é que os seres humanos evoluíram em contato íntimo com a natureza, mas nos últimos 200 anos, as pessoas têm se afastado cada vez mais da natureza. O especialista em ecossistema marinho, professor Sir Alister Hardy sugeriu que o grande passo na evolução humana não foi quando os hominídeos saíram das árvores, mas quando eles chegaram à costa e foram capazes de acessar frutos do mar ricos em Omega3. Há algo realmente profundo sobre a relação entre a água e nós, e isso pode refletir a nossa evolução.

Então, se você está precisando esvaziar a mente, busque por um espaço azul. Se você tiver a oportunidade de contemplar o oceano ou simplesmente sentar perto de um rio ou lago, a água terá uma influência poderosa sobre o cérebro e pode ajudar a mudar sua saúde mental, gerando maior clareza, felicidade e bem-estar.

E como livrar-se do stress para sempre? Mudando para um espaço azul ou tendo um em casa!

Segue um vídeo do Youtube com sons de ondas do mar para você! – Endereço: https://youtu.be/OCT8ICA4CgA

 

Quer transformar tua vida?
Receba as próximas atualizações direto teu e-mail, e participe gratuitamente de sorteios semanais de livros. ?? LIVRE DE SPAM.

Comentarios

Mais em Abundancia, Espaco Azul, Espaco Verde, Felicidade, Meditação, Mindset, Poder da Agua
Aprenda 8 habilidades para aumentar a sua renda sem precisar investir

Habilidades são a principal porta para mais qualidade de vida e de carreira. No nosso gráfico de crescimento, temos dois eixos:...

Fechar
rsl2016mmi