É muito melhor perceber um defeito em si mesmo, do que dezenas no outro, pois o seu defeito, você pode mudar.

“A arte de viver está menos em eliminar nossos problemas do que em crescer com eles” ~Bernard M. Baruch

Taí uma reflexão que fecha com chave de ouro O Ciclo da Autossabotagem, do Stanley Rosner, reconhecido psicoterapeuta americano com mais de 40 anos de experiência, algumas delas que ele conta didaticamente em nesse pequeno livro de 200 páginas, onde conclui exatamente o mesmo que disse uma vez, Dalai Lama.

Ciclos de autossabotagem são aquelas coisas que se repetem na vida: para quem se casou pela terceira vez, é o terceiro casamento onde as coisas acontecem de modo parecido com as duas outras anteriores; para quem está no quarto emprego, são os chefes e os colegas que estranhamente tem os mesmos problemas das empresas anteriores; para quem vive de altos e baixos, são justamente os ciclos de altos e ciclos de “baixos” que insistem em te “perseguir”.

Ciclos que não são causados “pelos outros”, mas pelos comportamentos destrutivos de quem vive nos ciclos. A grande questão que o autor levanta, é que geralmente quem está no ciclo, não se dá conta, não percebe que existe um ciclo acontecendo, de situações ruins se repetindo, e no final do livro, dá algumas idéias para começar um ciclo de autoconhecimento e assim, como disse o Lama, você possa mudar, ou interromper o ciclo… e, inclusão minha, assim como ocorre com o resultado da meditação, onde as coisas que você toma nota, que você percebe, faz emergir, deixam de ser aquilo que talvez seja a causa profunda de grandes disfunções da vida.

Eu já tinha lido em outros autores, mas o Stanley reforça um ponto interessante: ao acordar, escreva os principais pontos sobre os sonhos que teve à noite. Os sonhos acontecem quando o nosso consciente se mistura com o inconsciente e ali, coisas às vezes escondidas nas profundezas da mente, tentam emergir. Devido à enorme carga de informações que vivemos no dia a dia, fica muito difícil lembrar detalhes dos sonhos horas depois, e por isso, essas anotações precisam acontecer logo m seguida ao acordar. O objetivo é mais adiante, parar um momento para refletir o que o conjunto de sonhos dos últimos dias pode estar tentando te dizer: que emoções, e sentimentos você está reprimindo e procurando ignorar? Com um balde de coragem para assumir esses sentimentos reprimidos, está a chave para solucionar ciclos de autossabotagem: crenças de não merecimento, ou de não capacidade, ou de impossibilidade…

A relação que eu faço com a meditação é que ela trabalha o foco no vazio da mente, que só é possível depois de se tomar ciência dos pensamentos que perturbam e liberá-los para que possam ser solucionados.

Aprisionar pensamentos e sentimentos não leva à solução deles, mas à doença, à infelicidade e ao desprazer.

Libertar pensamentos e sentimentos é uma das chaves da riqueza da alma, a maior de todas. E todo o resto será mera consequência.

Meu 1% de hoje.

#saiDaMedia

Quer transformar tua vida?
Receba as próximas atualizações direto teu e-mail, e participe gratuitamente de sorteios semanais de livros. ?? LIVRE DE SPAM.

Comentarios

Texto publicado no Facebook @RiquezaSemLimites

About The Author

Empreendedor em série, graduado em Administração de Empresas, cursou Técnico em Processamento de Dados na UFRGS e Engenharia Elétrica na PUCRS. Atua no mercado de Datacenter/Cloud desde 1998. Fundou a WeBrasil, HostNet e Cyberweb, atualmente controladora da KingHost - provedor de hospedagem de sites com 60 mil clientes. Em 2012, criou a Giga Internet, provedor de internet wireless que atende 15 cidades no Rio Grande do Sul. Em 2016, começou o projeto Riqueza Sem Limites, com visão de exportar inspiração e conhecimento de alto nível para além das fronteiras Brasileiras. Atualmente dedica 50% do tempo para estudar assuntos ligados à neurociência, psicologia comportamental e biohacking.

Leia o post anterior:
Mudanças são para os valentes. Os covardes preferem ficar onde estão, mesmo que infelizes

"Um homem de sucesso é aquele que cria uma parede com os tijolos que jogaram nele" ~David Brinkley Estar preparado...

Fechar
rsl2016mmi